O primeiro blog plus size que começou em terras nipônicas - JAPÃO ,onde tem como objetivo acabar com este preconceito e mostrar que a democratização da moda chegou até mesmo no Japão e dá seguimento aqui no Brasil. A beleza está nos olhos de quem a vê, e é independente de manequim ou dígitos na balança.


SEJAM TODOS BEM -VINDO(a)S !!!

Seguidores

Follow by Email

Tecnologia do Blogger.

Sigo&Recomendo

Visualizações

Parcerias

Parcerias

I believe

Vídeo

Translate

domingo, 27 de maio de 2012

Preta Gil vai lançar coleção de roupas PLUS SIZE na C&A





São Paulo – Preta Gil será a celebridade por trás de uma nova coleção na C&A. A parceria dará foco aos tamanhos maiores: serão 35 peças com manequim 46 a 54. Com o nome "Special for you Preta Gil", a linha plus size chegará às lojas em julho.

Não é a primeira vez que a C&A se associa a grandes nomes para carimbar suas roupas e acessórios. A cartada foi dada pela primeira vez em 2005, com itens assinados por Walter Rodrigues, Marcelo Sommer e Raia de Goeye. Abandonado por alguns anos, o projeto voltou à baila em 2009 e continuou a todo vapor. Na lista de marcas que já apareceram na loja estão Carina Duek, Glória Coelho, Maria Bonita Extra, Espaço Fashion e Isabela Capeto. As cantoras Christina Aguilera e Beyonce também marcaram presença.
Embora a empresa não comente investimentos ou previsões de negócios, não é difícil imaginar que o retorno de empreitadas como essa seja traduzido em caixa. "Você passa a vender os produtos ligados à personalidade ou grife, atrai pessoas para a sua loja e consegue incutir o conceito que o seu negócio, mesmo massificado, é cool e bacana", afirma Amnon Armoni, coordenador em gestão e estratégia de moda da FAAP.
Só em 2012, a C&A já vestiu suas araras com uma releitura das peças de maior sucesso da marca carioca Maria Filó, promoveu mais um lançamento da top Gisele Bündchen, e voltou os olhos para os meninos, tendo o cantor Fiuk à frente de uma coleção inspirada em si mesmo. Para Armoni, a C&A teria conseguido a façanha de se firmar como uma empresa que une moda e preço baixo com uma estratégia acertada e agressiva de comunicação, que inclui, é claro, a boa gestão dessas parcerias.
Com unidades em mais de 60 cidades no país, a empresa, que não divulga oficialmente seus números, é líder no segmento. Com faturamento de 709,3 milhões no primeiro trimestre do ano, a Renner aparece em segundo lugar da lista. Riachuelo vem em seguida, com 671,5 milhões.
Parceria como negócio
Juntas, as três empresas detém menos de 10% do varejo têxtil no Brasil. Em um mercado tão pulverizado, a introdução de parcerias de peso se consolida como uma arma das grandes lojas de departamento para conquistar cada vez mais clientes.
A Riachuelo foi pioneira ao se unir ao estilista Fause Haten em 2001. Depois de um hiato considerável, turbinou esforços para emplacar coleções mais populares da Osklen e da Cris Barros no ano passado. Para o próximo Dia dos Namorados, a fast fashion apostará na parceria com Martha Medeiros e Zapälla.

Fonte Exame.com

0 comentários: